quarta-feira, 12 de maio de 2010

como sempre


como sempre. encontro-te novamente. chegas com o sol e com a pele torrada e quente. como sempre. recebo-te entre abraços e sorrisos rasgados. rasgados até ao fundo de mim. por dentro. onde está mais quente. cheiras a regresso e a saudade. apertas-me contra ti. fundo-me em ti. a escaldar. feito metal quente a deslizar pelos caminhos dos teus braços. oiço dentro de mim o arrepio agudo do meu peito encostado ao teu. batem ao mesmo tempo todos os segundos, os sonhos e desertos que percorremos até aqui. tambores que batem corajosos. invencíveis. como sempre.

5 comentários:

Aqui - Ali - Acolá disse...

Olá bom dia:

Graças por visitar meu Blogue e nele comentar.

Aqui presente retribuo com carinho e amizade na minha visita a este lindo Blogue.

Belíssimo texto em que se pode nele fundir a paixão e o amor.

Quando o sentimento fala assim, é de louvar palavras como estas que aqui enaltecem a grandeza de tão belos sentimentos.

A cada instante, nasce na mente de uma pessoa toda uma magia de palavras mestras.

Bjos, felicidades e bom fim de semana com sol radiante.

Sonhos Sonhados disse...

Hello

...que "palavras doces"!
gostei imenso da mensagem!

...gostas da Palavra... "percebe-se"!

xis létinha

http://birdfleur.blogspot.com/
http://letinhaletinha.blogspot.com/

Vieira Calado disse...

Sincronia perfeita!

Nada melhor!

Beijinos

A.S. disse...

Belo texto... cada palavra é uma doce caricia!


Um beijo
AL

Apenas eu disse...

e sabe tão bem...
que seja sempre assim "como sempre", parabéns pelo texto e pela cumplicidade das tuas palavras.

beijo meu