quarta-feira, 13 de maio de 2009

Nas tuas mãos



Nas tuas mãos as linhas traçadas são como as pontes da minha vida.

Nas tuas mãos coloco as minhas, sem medos, sem receios.

Nas tuas mãos deposito sonhos e desejos.

Nas tuas mãos consigo dormir, despida de mim.

2 comentários:

Parapeito disse...

...e de certeza ouvir tambem a musica que te embala o coração...
pois como escreveu Eugénio de Andrade
"Só nas minhas mãos
oiço a música das tuas."

encanto disse...

...revejo-me nas tuas palavras.